segunda-feira, 2 de junho de 2008

Como Lidar Com Decepções e Frustrações (Na Verdade Eu Não Ensino Isso Não, Mas Lê!)

Aí Samuel não tinha o que fazer da vida e resolveu encarar um segundo emprego. E tipo, eu to trabalhando 10 horas por dia, mais 5 de faculdade, 1 hora pra almoço, outra pra janta... bem, vocês devem imaginar que minha vida pessoal e sexual tá bombando, né?

Quando o fim de semana chega, eu levanto as mãos pro céu e quase choro de emoção. E para aqueles que acham que chocolate é melhor que sexo, estão muito enganados, o sexo é a melhor coisa já inventada, só que em segundo lugar vem o consumismo. Então, depois de muito suor, esforço e gente querendo me agredir a ponto de eu só não apanhar de um paciente no hospital porque o guarda não deixou, eu finalmente comprei meu notebook. Ai Keth que também comprou seu carro novo manda uma mensagem pra mim: “Amor, estamos tão ‘bem nascidos na city’, motorizados, conectados e antenados”, sendo que eu respondo, “E endividados até o pescoço”.

Pra enfiar o pé na lama de vez, eu resolvo que to sem roupas e saio às compras com o Frederico numa angustiante tarde de frio. Fazer compras é sempre uma sensação maravilhosa, da uma revitalização na alma, na cara, você se sente ate mais bonito. E mesmo os pequenos detalhes não incomodam, como quando a companhia que você chamou pras compras te faz o maior climão e com um único movimento rápido e ágil melhor que o do Naruto, derruba metade do andar superior da loja no exato momento em que você decidiu que não quer ficar mais lá. Por um flash de momento eu voltei à realidade. Mas passou rapidinho quando eu entrei na loja seguinte. Sempre passa. Fiz a linha Kátia Cega total.

O maior problema de fazer compras (e é uma coisa meio exclusiva com roupas) é que depois de 24 horas parece que o efeito da morfina passou e você olha pras sacolas ainda não esvaziadas e pensa consigo mesmo “Que porra foi que eu fiz?”. Resultado, do que adianta você ter dois empregos se a sua patroa vira na realidade a empresa do seu cartão de crédito? Vou trabalhar só pra pagar ela. Oh, Discórdia!

Eu to com duas dessa... uma em cada pé!

Sentimentos de felicidade e plenitude seguidos de tristeza e depressão alternando muito rapidamente (o que pode ser caracterizado facilmente como decepção e frustração) não é uma coisa exclusiva de fazer compras. Lembro que quando chegou aos meus ouvidos a notícia de que Speed Racer viraria um Live Action pelas mãos dos mesmos diretores de Matrix, eu fui no céu e voltei. Depois de Matrix e a magnífica produção de V de Vingança, acreditei que aquele que é um dos maiores clássicos da animação mundial ganharia uma repaginada tão marcante que se tornaria o maior blockbuster do ano. Esperei por cinco meses, contei as horas na semana final, faltei aula na UFAC pra assistir a estréia na data mundial, sentei na cadeira com o coração na mão, quando as luzes se apagaram eu apertei com força o braço da poltrona e... cinco minutos de película depois eu já estou no chão chorando, gritando por dentro “Esse filme tem que melhorar, tem que melhorar, uma hora ou outra, tem que melhorar”.

Saí tão decepcionado da estréia de Speed Racer, mas tão decepcionado, que se alguém tivesse me visto na hora que eu saí do cinema alguém teria me perguntando, “Samuel, você acabou algum namoro?”. Speed Racer é infantil, subestima a inteligência do espectador, é cheio de clichês, a construção dos personagens não convence, a direção de arte não deveria ter forçado tanto e a construção e desenvolvimento do roteiro é de uma superficialidade boba, que não desafia, que não cria um carisma real por aquilo que se vê. Quase igual ao... próprio desenho!

A cena inicial é de uma grande corrida de Speed entrecruzada com flashbacks relacionados ao seu irmão, Rex, com uma sobreposição da corrida feita pelo irmão junto a do próprio Speed. Um saco! Existe apenas uma ótima compensação às cenas desnecessárias de Gorducho, o fraco relacionamento de Speed e sua namorada, os nada tensos momentos familiares, as bobas cenas de ação, e a destruição do incrível personagem do Corredor X (alguém pode me explicar o que diabos é aquele momento do encontro dele com Speed na pista vazia?), e essa compensação é a velocidade. As corridas de Speed Racer são apenas, em duas palavras, do caralho. Um show de cores e efeitos especiais que deslumbra os olhos de qualquer amante da computação gráfica aliada ao cinema. Mas afinal, Speed Racer não é isso? Velocidade e cores? Então ele ate cumpre bem seu papel. É decepcionante. Mas é mágico.

"Speed Racer, Speed Racer, Speed Racer Goooo..." Go bueiro abaixo

Ah, já que eu comecei a falar de blockbusters (a única coisa que eu ando assistindo e que me ajuda a não criar “crise cinéfila por Cannes”), vale ressaltar que O Homem de Ferro superou as expectativas de qualquer um, e mesmo não sendo um filme histórico, é divertidíssimo, cumpre seu papel de entretenimento (de fazer dinheiro) e te faz sair do cinema se imaginando naquela armadura vermelha cintilante e com um cinturão de utilidades mil vezes melhor que o do Batman. Aliás, sou só eu ou vocês também tão empolgadíssimos em ver o Coringa (que Deus o tenha) e o Duas Caras em O Cavaleiro das Trevas? Sim, eu gosto de vilões, porque vilão é personagem de personalidade.

Indiana Jones E O Reino da Caveira de Cristal é outro que fechou super bem a primeira leva de blockbuster’s do ano. O começo é empolgante, vibrante e principalmente, foda, como todo bom Indiana deve ser. Mesmo com um Harrison Ford ofegante, vale lembrar que ele com 65 anos é capaz de fazer mil vezes mais coisas que eu com 20 (dizem que pilates ajuda, você consegue colocar a ponta do pé na cabeça facinho, na hora do sexo deve ser uma loucura). Tá certo que depois o filme perde um pouco de fôlego, e a entrada do viadinho de Transformers (ah, eu não vou com a cara dele e pronto, agora eu faço bico) só piora a situação. Ainda assim, temos Cate Blanchet que sozinha é capaz de levar metade do filme, foda como só ela é capaz, e o deslumbramento de pequenos detalhes, como a Arca tão desejada no primeiro filme e que se tornou nada mais que apenas um segredo no magnífico, sombrio e abandonado Galpão dos Segredos. Assim como o próprio Indi, com seus inúmeros e fantásticos feitos, passará um dia a ser apenas uma lembrança, num lugar cheio delas.

Piores que decepções e frustrações com o cinema, só as decepções e frustrações com o próprio ser humano. Esse é que nem um Windows Vista, te leva do riso aos prontos em questão de segundos, a diferença é que quando um ser vivo da merda, você não pode enviar uma mensagem de volta pra Microsoft dizendo que a bagaceira não ta rodando bem.

PS: como vocês devem ter percebido, o Fala Consciência! ganhou uma aparência nova, designer arrojado (adoro usar essa expressão, tem poucas oportunidades pra encaixá-la), tudinho presente de aniversário do Frederico (não, não perguntem como foi meu aniversário). Muito obrigado Frederico. Mas e ai, o que acharam? Fofo, lindo, bacana, legal, gay demais? Fique na linha, a sua opinião é muito importante para nós.

18 comentários:

Frederico Blahnik disse...

Não, vc está realmente certo. Trabalhar é sempre a melhor opção. Acredite! Amor gasta, Trabalho ganha. Então é sempre melhor garantir o básico pra depois fazer coisinhas.
Aquele sábado a tarde tinha tudo pra ser perfeito se num tivesse sido aquela cena de filme do George A. Romero no shopping... quanto a cena na loja, realmente, aquelas prateleiras são perigosas. O que me impressiona é que naquele mesmo ambiente haviam 10 crianças gritando, correndo, empurrado tudo e a maldita prateleira só caiu na hora que quis ver um mísero detalhe numa roupa. Mas acontece...

Kátia Cega, é? Num sei se o vendedor achou o mesmo...

Speed Race, Matrix, Ufac, Homem de Ferro, Tranformers... Ah, Indiana Jones E O Reino da Caveira de Cristal... gente, a Cate Blanchet! Wow! O que foi aquilo?! Vamos alterar o título para "Indiana Jones e Vamos Assistir Porque a Vilã Vale a Pena", né?

O Windows Vista é um grande coito interropido. Muito lindo, muito transparente, muito promissor, mas no final a gente tem q desinstalar pra colocar o XP compatível com o resto do mundo.

Quanto as mudanças, são realemente necessárias. Mas Ainda acho q num tá a tua cara. A gente pode consertar isso em breve. Continua anotando as idéias aí... enquanto isso já mandei uma embalagem de 1,5Kg de Fucktivia pra vc regularizar o funcionamento de um determinado departamento na sua vida...

C U Later... (Lê-se: See You Later, ok?)

Fui...

thiago disse...

Três dias lendo seu post... ¬¬

Eu mal comecei a trabalhar e já penso em ter um cartão de crédito... É tããão mágico... HAHAHAHA Já tenho até uma listinha do que comprar. Uma das metas é mudança de estilo e o celular que você sabe qual é. @.@

"Speed Racer" é uma bosta! Me recusei a assistir essa coisa desde o dia em que vi o trailer. Argh!

E o novo layout fico mó fofuxo. Eu gostei. =)

Manu Falqueto disse...

Amigo, vc continua incrivel mesmo!
Olha, parabéns pelas sua aquisição
xD

Hein, o layout tá bonito, sim.
bjo
xD

MH disse...

Fazer compra é animalllllllllll...mas qdo vem a fatura do cartão é foda. Desanimo total, tipo, voce jura que nunca mais vai fazer aquela merda....mas obvio..voce faz, outra, outra, e outra vez.

Sexo é melhor que chocolate..alguem duvida? Na duvida, experimente os dois...juntos (aprecie com moderacao).

Homem de ferro: nota 8. (gostei muito)

Speed: vou ver no cinema em casa do sbt. Me recuso a ver no cinema por respeito ao desenho que eu tanto amava

abraços

Victor* : ] disse...

éhhh mesmo..
sempre que planejo meu suicício tudo dá errado.
mas eu ainda vou conseguir um dia!
; ]
sobre os filmes, ando cheio de coisa pra fazer e sem tempo pra cine, mas pelo que vejo, Indiana e Homem de Ferro, tão alcançando as expectativas. quem vê, gosta.
tomara que continue assim essa leva de lançamentos que vem aí.
me disseram que dragon ball - o filme vai ser lançado lá por volta de agosto.
e é um dos que eu não perco de jeito nenhum*
: ]

Lívia disse...

Eu chorei de rir lendo o primeiro parágrafo! Juro! rs.rs. Ah e bemnvindo ao clube com sua decepção com speed racer. Eu me decepcionei hoje tb com o novo do Woody allen. Acho q vou ter q me acostumar com o fato dele estar gagá. =(

O seu "arrojado" no ps me lembro o Tarantino. Numa das cenas de Kill Bill, algum personagem, acho q é Daryl hannah diz q alguma coisa é "colossal" e ela passa alguns minutos dizendo como adora essa palavra q como é legal poder usá-la. =)))))))

E só pra fechar, minha uruca é tão powerfull q até quando eu tento dar vazão aos meus impulsos consumistar pra ser mais feliz, eu não consigo. Tb né fui eu procurar um livro e descobri q ele está fora de catálogo. Puta que pariu.rs. Vou me dar um vestido e pronto. Hahaha.

Beijos!!!

Ju disse...

Olá querido!!
Que layout lindo, sou fã incondicional do Calvin & Haroldo.. está aprovadissimo.

Estou com uma gripe morfética que não me deixa fazer nada, então vc já sabe né? 1 milhão de coisas pra fazer já acumulou mais do que mega-sena..

E o pior é que nem pra gastar eu to com ânimo.. apesar de achar que um banho de loja aí como o seu ia dar um "up" aqui no nariz vermelho de rena, porém..è la vitta..

Ainda bem que falou mal do Speed Racer, assim tenho desculpa pra ir não ver essa merda, nunca gostei nem quando era só um desenho estupido de meninos.. sem preconceito com a raça, até mesmo pq me casei com um.. óhhhhh

Bem, falei demais pra quem tá morrendo.
Apareça sempre adoro seus comentários mais que inteligentes.. (diferente dos meus né??..rss)

Ando mais no artesanato do que no e la vitta

Beijos querido

Mike disse...

Amei o layout novo!
E ta todo mundo metendo a boca no speed racer,to com medo de assistir e detestar!

Menina de óculos disse...

Samuel, eu dou muita risada toda vez que eu venho aqui. E se serve de consolo, eu tbm tenho dois empregos e o dinheiro nunca é suficiente. Mas, enfim, a vida segue...

Beijosecomentanomeublog

khrisna Ferraz disse...

Olá,

Tudo bem?

Seu blog foi indicado para participar de um programa de rádio.

O Blog Tracks é um programa exibido pela DELAS WEB RADIO as terças e quintas. (para saber horários, acesse www.delaswebradio.com.br)

A idéia é transformar os mais variados blogs em edições deste programa.

Você monta a trilha sonora e nós falamos sobre seu blog.

Aguardo contato

Abraços

KHRISNA FERRAZ
k.ferraz@delaswebradio.com.br
BLOG TRACKS
NA TRILHA DO SEU BLOG

A DELAS WEB RADIO, surgiu há aproximadamente um ano e já desponta no mercado como uma emissora inteligente e divertida.

A rádio propõe uma multiplicidade de temas, idéias e programas, cuidadosamente equilibrados e preparados para chegarem ao público de forma clara.

Inspirado pelo fato das mulheres atualmente serem “multitarefas”, ou seja, desempenharem simultaneamente inúmeros papéis na sociedade, como o de esposa, mãe e profissional, o nome DELAS surgiu para fazer jus a esse equilíbrio que o sexo feminino possui.

E, ao contrário do que se possa imaginar, a DELAS não é um típico “Clube da Luluzinha”. A equipe é sim em sua maioria formada por mulheres, contudo, o time da emissora pode ser descrito como fruto da união de profissionais de renome a jovens talentos, sejam eles homens ou mulheres. O que realmente interessa à Rádio é ter em seu casting pessoas que dominam o que falam; são as ações e os programas que delineiam o nosso perfil e propiciam ao público: identificação e entusiasmo.

Danna disse...

A vida é desse jeito... Ah, eu também não gostei do Speed Racer, mas pra quem gosta do desenho foi super (gosto é gosto).
Parabéns pelo blog, tá muito bom - em todos os aspectos.
Até a próxima.

Suellen Verçosa disse...

Pense pelo lado positivo, o cansaço de 2 empregos, e a falta de tempo para atos sexuais podem lhe render 2 blusas de grifes badaladas que ninguém tem igual, ou um novo Ray ban...hsuhsuhauhuhsauh


Amigo....só o que sinto e posso dizer é: SAUDADES!

Alice ainda mora aqui disse...

Sobre as compritas:
Outro dia fui a uma cartomante. Ok, tava de férias, meio sem nada pra fazer, com dinheiro a rodo, fui! E foi una mierda. A mulher só detonou o meu passado/presente/futuro (que futuro?) Saí de lá com aquela sensação de angústia, sabe? Eis que não tinha nenhum macho delivery a mão então fui ao shopping. E entorpecida que estava comprei de tudo, roupa, sapato, bolsa, vestido de casamento, creme e pão de mel. Até uma semana atrás não conseguia entender a minha catarse taz maníaca. Vou pro Compulsivos anônimos. Deixa ali pegar minha vodka...

adorei isso
besos e aparece pra subir no lustre!

Alice ainda mora aqui disse...

Sobre as compritas:
Outro dia fui a uma cartomante. Ok, tava de férias, meio sem nada pra fazer, com dinheiro a rodo, fui! E foi una mierda. A mulher só detonou o meu passado/presente/futuro (que futuro?) Saí de lá com aquela sensação de angústia, sabe? Eis que não tinha nenhum macho delivery a mão então fui ao shopping. E entorpecida que estava comprei de tudo, roupa, sapato, bolsa, vestido de casamento, creme e pão de mel. Até uma semana atrás não conseguia entender a minha catarse taz maníaca. Vou pro Compulsivos anônimos. Deixa ali pegar minha vodka...

adorei isso
besos e aparece pra subir no lustre!

Anônimo disse...

manero este blog

punky disse...

OLÁ GAROTO,
EU NÃO SEI QUAL SUA IDADE, MAS SE VC VIU SPEED QUANDO ERA CRIANÇA, DEVE TER MAIS OU MENOS A MINHA IDADE, BEM COMO OS IRMÃOS WACHOWSKY, ASSIM SENDO, PRÁ QUEM TEM AS MEMÓRIAS DE UM SPEED EM PRETO E BRANCO NA TV ANTIGA COMO EU E OS DIRETORES, O FILME PARECE MESMO COM O DESENHO, COM A MESMA TEMÁTICA ADOLESCENTE E ROTEIROS IDEM: COM A VANTAGEM DE UMA TECNOLOGIA CINEMATOGRÁFICA QUE A GENTE NEM IMAGINAVA A 35 ANOS ATRÁS.
AGORA SE VC TEM MENOS IDADE, JÁ CONHECE O SPEED COLORIDO DA MTV E AS NOVAS ARTIMANHAS DO CINEMA PÓS-LUCAS, AÍ GAROTO, NÃO TEM TECNOLOGIA QUE TE SATISFAÇA MESMO, NEM CARTÕES DE CRÉDITO...
JÁ QUE A SUA GERAÇÃO FOI CRIADA PRÁ SER CONSUMISTA DE ENLATADOS DECORADOS COM TECNOLOGIA DE PIXEL...A MINHA TAMBÉM, MAS EU SABIA DISSO...SPEED RACER NA REAL, É UM ENLATADO COMO OUTRO QUALQUER, E O FILME NÃO FOGE DISSO...O QUE NÃO ME ESPANTA A SUA DECEPÇÃO.
DE EXCELENTE GOSTO O SEU MACH-5 NA PRIVADA, AGORA ELE ESTÁ NA LATA CERTA!!!!

Júlia disse...

Adorei...

Nessa disse...

adorei seu blog!